De Repente Estrada

Uma família viajando a bordo de um Trailer

post ad

post abaixo da postagem principal

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Praias do litoral paulista


Seguimos viagem pela rodovia BR116 e entramos a direita no acesso para Peruíbe 65 km após a cidade de Registro, Miracatu é a última cidade antes do acesso.
Chegamos em Peruíbe perto do meio dia, contornamos a avenida principal da Praia do Centro, no final dessa avenida fica o mercado municipal de peixes.

Paramos no estacionamento em frente ao Aquário ali pertinho.



 Enquanto a patroa preparava o almoço eu fui até o mercado de peixes dar uma olhada. Voltei com 1 kg de peixe chamado Porquinho e meio kg de camarão para fazer um molho.
Almoçamos ali no gramado do estacionamento.








As praias de Peruíbe contam com uma grande extensão de areia e boa infraestrutura de bares e restaurantes, bastante vagas de estacionamento e acesso fácil.

Praia de Peruíbe SP

Praia de Peruíbe SP


Praia de Peruíbe SP
De Peruíbe seguimos para o litoral norte paulista, passando por várias cidades, Praia Grande, Guarujá, Bertioga, Boiçucanga, Maresias. Na região se São Sebastião tivemos um contratempo na localidade de Baraquiçaba, ao abastecer o carro a mangueira da bomba de combustível bateu no reservatório do fluído de freios do trailer, por ficar exposto ao sol ele estava ressecado e se quebrou,  o que nos forçou a pernoitar ali mesmo no posto. Já que estávamos ali fomos conhecer a praia.

Praia de Baraquiçaba

Praia de Baraquiçaba

pernoite em posto na Praia de Baraquiçaba

Em São Sebastião é onde se dá o acesso para Ilhabela, porém para a ilha estava fora do nosso roteiro. Para entrar na ilha com o trailer e o nosso carro é necessário uma autorização descrevendo onde estará hospedado e por quanto tempo ficará na ilha, expedida pela prefeitura, que emite somente se você estiver hospedado  em algum hotel, pousada ou camping da ilha. O procedimento é feito direto com o camping, que agiliza a emissão juntamente com a prefeitura. Em posse da autorização é só embarcar o veículo e o trailer na balsa e aproveitar tudo o que Ilhabela oferece. Pretendemos visitar no futuro, mas sem o trailer, até porque na ilha há somente uma estrada que corta de norte a sul, estando em uma pousada bem localizada você consegue conhecer todos os pontos turísticos.
Pelo caminho muitos lugares para fotos.








Nosso destino era Ubatuba, uma das últimas cidades antes de chegar ao estado do Rio de Janeiro, e com mais de 100 praias a disposição de quem a visita.
Ficamos no camping Espaço Ubatuba, na praia do Lazaro, sul de Ubatuba. O camping é tranquilo e seguro, tem o que precisa para uma estadia confortável, menos internet.
No dia seguinte fomos visitar a praia do Lazaro, distante 350 metros do camping. A praia tem águas tranquilas, ideal para prática de stand up e caiaque, lugar perfeito para as crianças se divertirem. Colada na Praia do Lazaro fica a Praia do Sununga, que conta com um camping na beira da praia.
Na praia do Lazaro a geografia do faz com que o por do sol seja na água e não na costa, algo que acontece no Oceano Pacífico, mas que poucas praias conseguem reproduzir no Oceano Atlântico.








Para aproveitar bem a região de Ubatuba é necessário uma estadia mais prolongada, em 4 dias é possível conhecer boa parte, mas uma semana seria o ideal. As praias do sul de Ubatuba estão todas mais agrupadas, saindo da praia do Lazaro pela BR 101 mesmo você acessa a Domingas Dias, passando por dentro de um condomínio residencial. Ainda na BR 101 mais adiante a Praia Dura. Depois é preciso entra na estrada  Uniflora, onde é possível conhecer a, Praia Vermelha, Praia Brava do sul, Praia do Mocó, Praia Brava da Fortaleza, e a Praia da Fortaleza, nossa escolhida do dia. No final da Estrada Uniflora existem vários estacionamentos, com custo médio de R$10,00 para deixar seu carro o dia inteiro, e com direito a ducha na volta da praia. Chegando na praia da Fortaleza e olhando da areia pra água, percorra toda a orla até o canto lado direito após as pedras, onde existe uma piscina natural para você nadar com os peixinhos. É interessante ter óculos de mergulho ou um esnorquel. Se for possível levar um pouco de ração pra peixe você poderá ter a experiência de ver os peixes comerem na sua mão. Dá pra ver  os peixes de fora da água então se não conseguir os óculos não se preocupe, ainda sim a emoção estará garantia.






















Reserve pelo menos um dia inteiro ou se tiver mais tempo 2 dias para conhecer todas estas praias e comece pela  praia da Fortaleza, é bom ficar pelo menos 3 a 4 horas por lá, na volta você poderá conhecer todas as outras, deixando a Praia do Lazaro para o fim da tarde onde o por do sol garante fotos de cartão postal.

As praias seguintes estão na direção norte indo pela BR 101, na praia do Pereque Mirim é onde ficam os barcos de pesca, por conta das suas águas protegidas e tranquilas. Na sequência fica a Praia da Santa Rita, que para ser acessada é preciso passar por dentro do condomínio que leva o mesmo nome. Na portaria é solicitado uma pequena taxa para ajudar na preservação do local, ela não é obrigatória porém considere deixar algum valor entre R$5,00 e R$20,00, o lugar é organizado, limpo e seguro, seu carro ficará protegido  e você terá uma paisagem limpa e organizada antes mesmo de descer as escadarias que levam até a praia de águas quentinhas e tranquilas.
Na sequência indo para o norte fica a praia da Enseada, é só voltar para a BR 101 e seguir por menos de 2 minutos de carro.
É uma praia extensa  e com grande faixa de areia, ideal para famílias. Os pequenos vão adorar brincar com pranchas em suas ondas que não são fortes, garantindo a tranquilidade dos pais.
Mais adiante vem a praia das Toninhas, praia Grande e de Itanguá, muito parecidas com a Enseada porém com mais bares e restaurantes na orla da praia.
Mais ao norte no KM 33 fica o acesso da praia do Felix, um pouco antes do posto policial, é só passar pela guarita e seguir em direção a praia, se quiser ficar no canto direito é só seguir a rua até o final e estacionar, fique ligado que o estacionamento lá é pago, zona azul.
A praia do Felix é incrivelmente democrática, tem mar tranquilo e sombras no canto direito, além de uma piscininha cercadas de pedras onde você pode nadar com peixinhos. Indo pro lado esquerdo o mar vai ficando mais agitado, da até pra pegar umas ondas.  Lá também rende belas fotos com a ilha do Prumirim ao fundo.

Mais a frente em Picinguaba é possível contratar um passeio de barco para a Ilha das Couves. Em Ubatuba também tem vários passeios de barco que levam em praias que não tem acesso por terra, vale a pena conhecer.

9 comentários:

  1. Parabéns pelas postagens...vocês estão sendo uma inspiração para nós que estamos adquirindo um camper . Pretendemos no próximo ano fazer algumas viagens...abraços à família.
    PS...para o Leão também ....rsrs

    ResponderExcluir
  2. Estava curtindo vídeos das praias de Ubatuba e "derrepente" vi um vídeo de vocês no YouTube com o Trailler. Achei interessante e admirei a coragem de sair na estrada curtindo as praias num percurso tão longo.

    ResponderExcluir
  3. A cada vídeo ficava mais curiosa para conhecer os locais e fiquei tão ligada que me deu muita vontade de viajar. Fique admirada da harmonia entre vocês e a tranquilidade para resolver os imprevistos

    ResponderExcluir
  4. Já viajei muito e até acampei em praias do litoral norte de São Paulo há um bom tempo atrás. Uma vez fiquei num Trailler de amigos em um camping em Bertioga. Adorei e nos divertimos muito 😆

    ResponderExcluir
  5. Fique com peninha da Gi e de terem que voltar. Ainda bem que não foi nada grave

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, agora ela já está bem melhor, mas foi algo beeem desagradável que aconteceu, acabou mudando muito os nossos planos..

      Excluir
  6. Espero que estejam bem e estou curiosa para ver seus novos planos de viagem

    ResponderExcluir
  7. Estamos bem sim, nos preparando para nossa próxima aventura...

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial